• Consulta Pública BA-052
  • Banner Lisragem Multas DO
  • PREMAR 2

GOVERNO

04/05/2017 08:05

Mão de obra baiana será aproveitada nas obras do Aeroporto de Salvador

A mão de obra utilizada na requalificação e operação do Aeroporto Internacional de Salvador será prioritariamente baiana, garantiu a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) nesta quarta-feira (3), em conversa com representantes da francesa Vinci Airports, empresa que arrematou em leilão a concessão do equipamento.

De acordo com o superintendente de Estudos e Políticas Públicas da secretaria, Reinaldo Sampaio, "a SDE promoverá a articulação entre a empresa e instituições como a Fieb e o Senai para qualificar trabalhadores em várias especialidades que atendam às necessidades operacionais do aeroporto". Ele explicou ainda que a SDE dará todo o apoio necessário para a agilização dos processos burocráticos, o que vai proporcionar maior celeridade à obra. 

A Vinci estava representada pelo diretor de marketing Pierre Grosmaire e pelos gerentes Álvaro Leite e Guilherm Vecten. "A requalificação do Aeroporto de Salvador é uma obra de grande interesse da sociedade e com ótimo potencial atrator de divisas. Não poderíamos deixar de transformá-la também em geradora de empregos para os baianos", afirma o secretário da SDE, Jaques Wagner. Empresa com larga experiência mundial na operação de aeroportos, a Vinci investirá R$ 2,3 bilhões no terminal soteropolitano.
 
Aeroportos regionais
Durante a reunião, a Vinci mostrou-se interessada em participar das futuras licitações de aeroportos regionais no estado. Sampaio comentou que já há conversas nesse sentido, incluindo a  disponibilização de informações socioeconômicas, infraestruturais, educacionais e de logística dos municípios e territórios na área de influência dos respectivos aeroportos. A intenção da SDE, destacou o superintendente, é dar padrão internacional aos aeroportos regionais da Bahia.


Fonte: Ascom/SDE

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.