• Banner III WorkShop
  • BA052

Infraestrutura

18/01/2018 18:01

Recuperação da BA-052 terá edital publicado em fevereiro

O edital de licitação para as obras do Sistema Viário da BA-052 e da construção da Ponte sobre o Rio São Francisco tem previsão de ser publicado no mês de fevereiro. A informação foi anunciada durante a audiência pública que recebeu sugestões e esclareceu dúvidas sobre o processo licitatório da Parceria Público-Privada (PPP) que vai executar os serviços.  O evento aconteceu nesta quinta-feira (18), no auditório da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), no Centro Administrativo. Além disso, também foi divulgado que a assinatura do contrato para execução dos serviços deve acontecer em maio.

O investimento total é de R$ 705 milhões ao longo de 20 anos de concessão. O Sistema Viário da BA-052 tem um total de 548 km de extensão, dividido em dois trechos. De Feira de Santana a Xique-Xique, com 462 km, e de Xique-Xique a Barra com 85 km.  Também faz parte do projeto a implantação da Ponte sobre o Rio São Francisco, que vai otimizar o tempo de viagem entre Xique-Xique e Barra. 

A relevância de ações na região Oeste foi ressaltada pelo vice-governador e secretário de Planejamento, João Leão. "É de grande importância assegurarmos que a população terá uma rodovia bem conservada e estabilizada. Mais ainda, a construção de uma ponte em Barra, em que você vai levar esse tráfego até o último recanto do Estado, que é o município de Formosa do Rio Preto". 

O secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, também destaca a importância das obras para a economia baiana. "Facilita o acesso para o Oeste, encurta o acesso à linha de produção com o Nordeste do Brasil e dá uma garantia de escoamento de toda a safra que existe nas cidades próximas a Irecê, com a grande produção de cebola, de álcool, e de toda carga que vem da região".

Além de representantes da Seinfra e do Governo do Estado, o evento também contou com a participação do deputado federal Cacá Leão, os deputados estaduais Antônio Henrique Júnior e Eduardo Salles, membros do banco mundial e de empresas interessadas nas intervenções.

Fonte: Ascom / Seinfra

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.