• Banner Ponte Salvador Itaparica
  • smt

GOVERNO

29/11/2019 11:11

Segmento de Eletricidade e Gás vai investir R$ 500 milhões na BA

O segmento de Eletricidade e Gás será responsável pelo investimento de R$ 500 milhões na Bahia, fruto de protocolos de intenções assinados na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). A Sol do Sertão II vai implantar parque solar em Oliveira de Brejinhos, com aporte financeiro no valor de R$ 300 milhões. Já a Janaúba Transmissora de Energia Elétrica, vai investir R$ 200 milhões na construção de linhas de transmissões que irão passar pelos municípios de Bom Jesus da Lapa, Riacho de Santana, Palmas de Monte Alto e Sebastião Laranjeiras.

"Toda vez que atraímos um parque solar ou eólico, lembramos da importância de incentivar e desenvolver as vocações naturais do nosso estado. E é importante lembrar também o quanto contribuímos para a diversificação da matriz energética do nosso país. Sempre atentos a necessidade de construção de linhas de transmissão, imprescindíveis para garantir o escoamento da energia elétrica", diz Luiz Gugé, chefe de gabinete da SDE.

De acordo com Eduardo Serra, administrador da Sol do Sertão, o parque solar faz parte de um complexo com mais duas usinas e, ainda este ano, a empresa deve dar entrada no pedido de protocolo das outras duas. "No pico da construção das três usinas que, juntas, terão 455 MW de potência instalada, devemos empregar 700 pessoas. O investimento do complexo será de aproximadamente R$ 1,1 bilhão e a previsão de funcionamento é março de 2021", afirma Serra.

"Para o setor de transmissão de energia do Brasil, esse projeto faz parte de um corredor que integra toda a rede de transmissão que garante mais segurança energética para o país. A previsão é que a obra esteja implantada em fevereiro de 2022. Na fase de construção serão gerados mais de 200 empregos. Vale destacar o apoio do governo da Bahia e da SDE, que tem tido um papel de apoio fundamental ao negócio", destaca Marcos Pereira, diretor financeiro da Janaúba Transmissora de Energia Elétrica.

Fonte: Ascom / SDE

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.