• smt
  • Banner Lisragem Multas DO
  • PREMAR 2

Infraestrutura

06/04/2017 17:04

Ampliação da distribuição energética na Bahia é debatida em evento na Seinfra

A necessidade de aumentar a distribuição de energia com a implantação de mais linhas de transmissão na Bahia foi um dos assuntos debatidos nesta quinta-feira (6), durante a 7ª Reunião do Grupo de Trabalho Bahia-Sergipe. O evento, que foi realizado na Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), contou com a participação de representantes do governo do Estado e de instituições e empresas ligadas ao setor elétrico, e com a organização do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).
 
A Bahia tem o maior potencial eólico do País e é um importante estado na produção de energia através de fontes alternativas. São 68 parques eólicos instalados e até 2021 estima-se que este número aumente para 232. “Com o agravamento da questão hídrica no País há uma necessidade da entrada de novas fontes de energia, principalmente, a partir de base eólica e solar. Nesse momento, a energia de fonte eólica no nosso estado já corresponde a 18% da matriz de geração elétrica aqui na Bahia com previsão de chegar a 34% até 2019”, diz Celso Rodrigues, superintendente de Energia da Seinfra. 

 Parceira da Seinfra na resolução de meios para ampliar o setor energético no estado, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) atua para a consolidação do parque industrial eólico e, posteriormente, o solar. “Trabalhamos para termos linhas de transmissão suficientes para escoar a produção de energia dessas fontes na Bahia e, ao mesmo tempo, garantir que a gente tenha um crescimento significativo”, explica Paulo Guimarães, superintendente de Promoção de Investimento da SDE.
A partir dessa reunião novas ações serão tomadas para que os o estado possa participar do leilão de energia ainda este ano, além de continuar apoiando as construções de linhas de transmissão e implantando mais parques para produção de energia alternativa. Também há uma previsão de publicação, até o final do ano, do Atlas Solarimétrico que vai mostrar que a Bahia tem o maior potencial solar do Brasil.

Fonte: Ascom/Seinfra

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.