• Banner 2 WorkShop - Segurança Viária
  • smt
  • Banner Lisragem Multas DO
  • PREMAR 2

Infraestrutura

11/07/2017 09:07

Aeroporto de Porto Seguro pode ter número de voos ampliado após certificação da ANAC

O Aeroporto Internacional de Porto Seguro recebeu certificação operacional que credencia o equipamento a ampliar o número de embarques e desembarques, além de indicar que possui operações aéreas mais seguras. O equipamento, que recebe uma média de 20 voos diários, pode passar a receber até 50. Em período de férias o número pode chegar a 100 voos. Dentre os 82 aeródromos administrados pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), o de Porto Seguro é o que tem a maior movimentação, com 1,5 milhão de passageiros por ano. 

O objetivo da certificação, que é realizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), é adequar os critérios para procedimentos nas aeronaves, além de assegurar melhorias na infraestrutura do local e do terminal de passageiros. Além de Salvador, apenas Porto Seguro tem essa certificação. "O credenciamento do órgão regulador permite a possibilidade de aumentar os voos e também de melhorar o desenvolvimento da região", explica Marcus Cavalcanti, secretário de Infraestrutura da Bahia. 

Para que a certificação fosse realizada foram feitas melhorias na infraestrutura e nos procedimentos. Com isso, foi possível atender as exigências da ANAC e do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

Incentivo
Desde que a alíquota de ICMS para o querosene de aviação foi reduzida que o Governo do Estado tem atraído novos voos para a Bahia. As companhias aéreas, a exemplo da Gol e Azul, anunciaram 650 voos extras, nos aeroportos de Salvador, Porto Seguro, Ilhéus e Valença. Os voos extras partem de Belo Horizonte, São Paulo, Campinas, Guarulhos, Goiânia e Brasília, entre outras cidades. A Gol informou que vai realizar 528 voos extras, entre a primeira semana de julho e o dia 16 de agosto. A Azul oferecerá mais de 120 voos extras para a Bahia e a Avianca distribuiu os voos adicionais entre 30 de junho e 5 de agosto.


Fonte: Ascom/Seinfra

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.